Passo a passo: como o TikTok vicia o usuário

This mix of very low cognitive task and high variability makes TikTok a textbook example of “addiction-forming design”.

Aqui, há um estudo de caso detalhado, divertido e interessante sobre como a interface e a estrutura de navegação do TikTok viciam o usuário.

Vale a pena conferir até o final, pra desenvolver a percepção de como outros aplicativos usam técnicas parecidas.

É extremamente importante aprender a “enxergar” as interfaces e suas mecânicas. Quanto mais usamos (e criamos) programas desatentamente, pior é nosso impacto cognitivo, psicológico e ambiental na sociedade.

A lógica é a mesma que nos levou ao aquecimento global: consumíamos recursos sem ver as consequências. E, claro, por vezes, de modo deliberadamente predatório. Hoje, pelo menos uma parcela da populacão teria vergonha de usar, criar e promover produtos nocivos.

Cuidado / ativismo / responsabilidade também precisam ser aplicados à tecnologia.

O título da análise indicada acima é “A psicologia por trás do feed viciante do TikTok“. Entendo e concordo. Mas eu usaria outra palavra: “política”. Código e design também são política.

Via TLDR newsletter.